Acesso a Informação

Parceiros e Órgãos

Telefones úteis

Mídias SDA

Apresentação de plano em Salitre aponta caminhos para o desenvolvimento rural
Ter, 11 de Julho de 2017 12:22

Diversificação do plantio e construção de estratégias de comercialização foram alguns dos temas apresentados pela Secretaria do Desenvolvimento Agrário durante evento no Cariri Oeste

O secretário do Desenvolvimento Agrário Dedé Teixeira participou na manhã desta quarta-feira (11) da apresentação do Plano Piloto Agropecuário de Preparação e Respostas à Seca em Salitre, à 447 km de distância da capital Fortaleza. O evento reuniu cerca de 80 lideranças do município do Cariri Oeste, que conheceram os planos de pilotos de Quixeramobim e Piquet Carneiro e também apresentaram as prioridades de cada uma das comunidades nas regiões da serra, chapada e sertão.

O evento é uma realização da Secretaria do Desenvolvimento Agrário, através da Câmara Técnica do Conselho Estadual de Desenvolvimento Rural (CEDR), e conta com o apoio do Banco Mundial. “O objetivo”, explica o coordenador da Câmara Técnica, Josias Farias, “é reduzir as vulnerabilidades dos agricultores familiares através do protagonismo local”.

“Sabemos que não podemos combater a seca, embora possamos nos preparar para o enfrentamento desse fenômeno natural que atinge não apenas a nossa cidade, como a todo o Ceará”, resumiu a estratégia o prefeito Rondilson Ribeiro. “Esse plano não é do Governo do Ceará e nem da Prefeitura. Ele é construído por todos vocês e será colocado em prática por vocês”, frisou.

Retrato rural

De acordo com a secretária municipal de Agricultura, Valquíria Oliveira, quase 90% da população de Salitre vive numa das 97 comunidades da zona rural e é assistida por pelo menos uma das 51 associações comunitárias em plena atividade. Dos mais de 11 mil habitantes no território agrícola, em torno de 2.900 são atendidos pelo Garantia Safra e possuem como principal atividade a mandiocultura.

“É preferível executar pequenas ações que tenham execução do que oferecer grandes ações que não chegam a atender a nossa população. Assim como vocês, eu também estou cansada de grandes projetos que nunca saem do papel”, testemunhou a secretária de agricultura.

Para Valquíria, embora a operacionalização do plano piloto deva acontecer o mais rápido possível é preciso promover uma “educação contextualizada”, com a inclusão do ensino da convivência com a seca na grade curricular das escolas. “Minha maior preocupação é que esse plano seja colocado o mais rápido possível e seja o e seja o menos burocrático. Em agosto, o agricultor já começa a preparar o solo para safra de 2018 e é ele quem precisa de ações urgentes”, cobrou.

Estratégias

“O Plano Piloto irá funcionar como uma Bíblia, um guia, entretanto não é uma camisa de força e precisa ser ajustado periodicamente conforme a decisão de vocês”, orienta Josias Farias. Segundo o coordenador, é preciso articulação para solucionar eventuais problemas com o abastecimento e também aprender, a partir das experiências oferecidas pelo Governo do Ceará, a produzir mais com um volume menor d´água.

Para o secretário Dedé Teixeira, é fundamental desenvolver estratégias que “rompam com a monocultura” da mandioca. “Ninguém está aqui para orientar que abandonem a principal vocação de vocês, ainda assim é preciso investir na diversificação da produção para não depender de um só cultivo ou depender do atravessador”, aconselhou.

Também participaram da apresentação do Plano Piloto o secretário do Meio Ambiente, Dorgival Pereira, e os vereadores José Novinho, Cícero Batista e Antônio Ednaldo. Além destes, representou o Paulo Freire a técnica do projeto Marta Sileda e o Instituto Agropolos José Freire.

Assessoria de Comunicação da Secretaria do Desenvolvimento Agrário
André Gurjão – Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.
Marina Filgueiras  - Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.
Bruno Andrade – Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

 

Calendário

Novembro 2017
D 2a 3a 4a 5a 6a S
29 30 31 1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 1 2