Acesso a Informação

Parceiros e Órgãos

Telefones úteis

Mídias SDA

Governo do Ceará e movimentos sociais assinam contratos do Projeto Paulo Freire
Qui, 31 de Agosto de 2017 20:30

Assinatura dos 13 contratos com 9 entidades da sociedade civil beneficiam 22.729 famílias nos territórios do Cariri, Sertões de Sobral  e Sertões dos Inhamuns. "Estamos aqui reafirmando o nosso compromisso de construirmos uma sociedade em que homens e mulheres tenham direito à cidadania", defendeu a representante do Fórum Cearense pela Vida no Semiárido, Cristina Nascimento



O secretário-chefe da Casa Civil Nelson Martins e o secretário do Desenvolvimento Agrário Dedé Teixeira assinaram, na tarde dessa quinta-feira (31), 13 contratos com 9 entidades civis pelo Projeto Paulo Freire. Os contratos, em assistência técnica contínua (8 contratos), construção de cisternas de placa e escolares (4) e mobilização social (1), representam o investimento de R$ 29.801.733,38 no combate à extrema pobreza rural.

A solenidade foi no auditório do Condomínio Espiritual Uirapuru (CEU), em Fortaleza, e ocorreu durante o encerramento do quarto dia do Encontro de Formação das Equipes Técnicas do Projeto Paulo Freire. Participaram do evento o secretário-executivo do Desenvolvimento Agrário, Felipe Pinheiro; da coordenadora do projeto da SDA, Íris Tavares; e da presidente do Instituto Agropolos, Ana Teresa Barbosa de Carvalho.

Já os recursos são fruto de um acordo de empréstimo entre o Fundo Internacional de Desenvolvimento da Agricultura (FIDA), órgão das Nações Unidas, com o Governo do Ceará (Acordo No. I-882-BR/E-17-BR). “Finalmente o Paulo Freire amplia o seu raio de atuação para 100% do que estava previsto e passaremos a atender 60.000 famílias em 31 municípios cearenses”, comemorou a coordenadora Íris Tavares.

“O Paulo Freire não é meramente um projeto de prestação de assistência técnica, mas representa o resgate da dignidade humana. Afinal, essa tarefa (o combate à extrema pobreza) não é missão individual de ninguém, mas de todos nós, entidades civis e governamentais, que nos envergonhamos de ainda hoje encontrar seres humanos em situação de degradante”, sintetizou o espírito do projeto a coordenadora.

Para o secretário Dedé Teixeira, a iniciativa poderá contribuir não apenas para a mudança dos indicadores sociais do Estado, mas também mudar o perfil econômico dos municípios. “É um desafio muito grande, mas contamos com as entidades civis selecionadas, a partir de um processo licitatório lícito e transparente, para atuarmos junto às comunidades na defesa do desenvolvimento rural sustentável”, reforçou.

“Já recebemos com as 5 estações móveis de tratamento de água e aproveitaremos essa tecnologia que veio de Israel para dessalinizarmos a água dos tantos poços perfurados nas comunidades em que vocês residem”, anunciou após a entrega de 100 tablets para as entidades executoras dos contratos de Assessoria Técnica Continuada (ATC).

Também estiveram presentes a representante do Fórum Cearense pela Vida no Semiárido, Cristina Nascimento; a secretária-geral da Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras do Estado do Ceará (Fetraece), Erivanda França; e o representante do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), Francisco Mendes Coelho ("Juninho"). Além destes, o delegado do Ministério do Desenvolvimento Agrário, Rosilônio Magalhães; e o representante da Ematerce, Bartolomeu Cavalcante.

Capacidade e experiência



Para um público formado por 300 representantes de entidades civis de todo Estado, o secretário-chefe da Casa Civil destacou a história da Secretaria do Desenvolvimento Agrário (SDA). Segundo ele, foram os técnicos do órgão que garantiram o sucesso de programas anteriores, como o Projeto Dom Helder Câmara (PDHC).

“Se tivemos a capacidade de realizarmos o melhor projeto de assistência técnica do mundo inteiro no passado, segundo o próprio FIDA, com toda certeza conseguiremos mais uma vez nos destacarmos entre os melhores”, afiançou.

“Você só vai conseguir um bom resultado com uma capacitação muito bem feita. Isso requer muita paciência e dedicação. Mas, é evidente que, assim como fizemos com o Dom Helder Câmara, podemos realizar com o Paulo Freire”, concluiu.


Assessoria de Comunicação da Secretaria do Desenvolvimento Agrário

André Gurjão - Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.
Marina Filgueiras - Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.
Bruno Andrade – Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

 

Calendário

Novembro 2017
D 2a 3a 4a 5a 6a S
29 30 31 1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 1 2