Acesso a Informação

Parceiros e Órgãos

Telefones úteis

Mídias SDA

Araripe: Projeto Paulo Freire fortalece a agricultura familiar na comunidade Serra da Perua
Qua, 09 de Maio de 2018 07:12

Na comunidade de Serra da Perua, no município do Araripe, à 523 km de Fortaleza, fomos buscar a experiência da família de Seu Francisco Pedro da Silva, de 66 anos, mais conhecido na região por Chico Tita. São mais de oito horas de viagem até a propriedade dele e da sua esposa, Dona Olíria, onde o reúso de águas cinzas, reutilização das águas das pias e chuveiro de casa, tecnologia social de convivência com o semiárido implementada pelo Projeto Paulo Freire, garante a irrigação do quintal produtivo. “Eu estou aqui cuidando, depois eles é que vão tomar de conta daqui” conversa o proprietário de cerca de 18 hectares onde planta mandioca, feijão, fava, hortaliças e frutas.

“Isso aqui foi o Projeto Paulo Freire”, aponta para a caixa de gordura conectada à tubulação de casa. A água usada pela família ainda atravessa um minhocário até ser filtrada e cair numa caixa de cimento de onde sai para ser reutilizada na regagem das hortaliças e fruteiras que ele possui em seu quintal. “Aqui, eu tenho mais de 100 mudas de morango plantadas” nos mostra no quintal. “Essa casinha, foi construída com recursos do projeto” afirma seu Chico Tita sobre uma casa que serve de tenda para proteger as mudas de morangos e outras frutas do sol da Serra da Perua.

Da horta, seguimos até a cisterna de placa para consumo humano, que “também foi adquirida com recursos do projeto” garante seu Chico Tita. “A cisterna serve a mim e meus filhos e fica entre a casa de meus filhos e netos”, nos aponta para em seguida destampá-la para nos mostrar a água acumulada das chuvas que banham a região desde o começo do ano. Passando pelas plantações seu Chico nos apresenta outra ação do PPF no terreno da família, “esse pedaço do terreno eu doei para associação, onde o projeto Paulo Freire construirá a casa de farinha” que beneficiará 23 famílias do Cariri Oeste até o final do ano.

Políticas públicas: promoção de direitos

Até o final do ano, o PPF planeja implantar 159 planos de investimento e beneficiar 5.675 famílias com um investimento de R$ 29.242.688,70. Os planos agrícolas e não-agrícolas contemplam atividades em apicultura, criação de ovinocaprinocultura, suinocultura, fossas sépticas, casa de farinha, casa do mel e panificação, enquanto os dez municípios atendidos pelo projeto na região são: Altaneira, Antonina do Norte, Assaré, Araripe, Campos Sales, Nova Olinda, Potengi, Salitre, Santana do Cariri e Tarrafas.

Somente no eixo formação e capacitação da Ação Políticas Públicas para os povos do Semiárido, o Paulo Freire deve investir R$ 1.114.151,10 no Cariri Oeste até agosto deste ano. A expectativa é que 6.880 famílias em comunidades rurais sejam capacitadas no eixo temático que contribui para formação crítico-reflexivo dos agricultores familiares e povos tradicionais. Os objetivos são o reconhecimento dos direitos do homem e da mulher do campo, a valorização da diversidade ambiental e mais qualidade de vida para mulheres, jovens, negros, índios, pescadores, dentre outros povos do semiárido.

Já em relação à construção de cisternas de primeira água, para consumo humano e escolares, o Projeto Paulo Freire planeja instalar 1.345 cisternas de placa e 36 cisternas escolares até o final de 2018 com um investimento de R$ 819.582,35 no Cariri Oeste. A política pública proporciona mais qualidade de vida e melhores condições de vida e, através das assessorias técnicas, promove formação e desenvolve capacidade no uso e consumo adequado desta água armazenada e que pode durar até o próximo inverno.

Fonte: Assessoria do Projeto Paulo Freire

Assessoria de Comunicação Secretaria do Desenvolvimento Agrário
André Gurjão- Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

 

Calendário

Maio 2018
D 2a 3a 4a 5a 6a S
29 30 1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31 1 2