Acesso a Informação

Parceiros e Órgãos

Telefones úteis

Mídias SDA

SDA libera R$ 390 mil para apicultores e homenageia agricultores de Madalena
Qua, 31 de Janeiro de 2018 20:57

Produtores rurais ainda participaram da entrega simbólica do Projeto Hora de Plantar, que investe R$ 64.692,50 no município e atende a 852 homens e mulheres do campo

Uma manhã de muitas atividades no município de Madalena. Nesta quarta-feira (31), o secretário do Desenvolvimento Agrário Dedé Teixeira assinou a liberação, pelo Projeto São José, de R$ 390 mil para implementação de um projeto produtivo em apicultura para 23 produtores rurais da comunidade do Sabonete e realizou a entrega simbólica das sementes do Projeto Hora de Plantar, ação do Governo do Ceará que investe R$ 64.692,50 e atende a 852 agricultores familiares do Território dos Sertões de Canindé.

Além das conquistas, o secretário e o presidente da Ematerce Antônio Amorim, acompanhados pela prefeita Sonia Costa e pelo presidente da Câmara Municipal Paulo Cezar Rocha, homenagearam personalidades que dedicaram suas vidas ao desenvolvimento da atividade rural no município. "Estou muito feliz com a presença de todos vocês e queremos reforçar o desejo do povo em receber mais poços e talvez o nosso maior sonho seja a realização da Feira da Agricultura Familiar aqui no nosso município", cobrou a prefeita na Câmara Municipal.



Segundo informou Dedé Teixeira, as obras de instalação do sistema de abastecimento d´água da comunidade Cacimba Nova, que beneficiam 176 famílias, devem ser concluídas logo após o feriado do Carnaval. "Para se ter ideia, o governador Camilo Santana perfurou quase 5 mil poços nos últimos três anos (40% do que foi realizado em toda história da SOHIDRA) e, através da SDA, concluímos mais de 400 sistemas de abastecimento d´água pelo Programa Água Para Todos e vamos concluir outros 120 sistemas pelo Projeto São José em 2018", enumerou o esforço de combater os efeitos da mais longa estiagem no Estado.

Em seu discurso, o presidente Antônio Amorim destacou o esforço do corpo técnico da Ematerce em atender a população rural e citou as ações realizadas em parceria com a SDA nos últimos três anos. Dentre elas: a implantação do Projeto de Irrigação na Minha Propriedade (PIMP), que beneficiará 31 agricultores, do atendimento a 106 jovens do Projeto Jovem Agricultor e o acesso ao Crédito AGROAMIGO do Banco do Nordeste e a implantação do Projeto Fomento Mulher, elaborando 140 projetos para o assentamento 25 de maio nas áreas de ovinocultura, avicultura, caprinocultura e suinocultura.



“Somente com o Garantia Safra nesse município, com 1.934 agricultores beneficiados, isso roda (na economia local) cerca de R$ 1.643.900 no período de apenas um ano”, afirmou Amorim, citando a parceria da entidade com sindicatos, secretarias municipais e agricultores. “E, na última semana, conseguimos fazer 1.980 projetos (Fomento Mulher) para as mulheres em assentamentos e aqui na Madalena corresponde ao investimento de R$ 420 mil”.

Também participaram da solenidade os vereadores Zé Nunes e Erivaldo Braga, o ex-prefeito Antônio Wilson e a presidente do sindicato rural Marcia Maria Rodrigues. Além desses, os coordenadores da SDA do programa Água Para Todos, Abelardo Camurça, e de Cadeias Produtivas da Pecuária, Márcio Peixoto.

Coragem e ousadia



Para quem nunca produziu mel, um enxame de abelha espanta logo no momento em que se abre a primeira colmeia. “O jovem é mais corajoso e abelha é bicho complicado. Mesmo todo vestido (com a indumentária, que inclui macacão, luvas e botas) não é todo mundo que vai, não”, assevera o presidente da Associação Comunitária do Sabonete, Ancelmo, de 54 anos.

“Quando começa o inverno,  é a hora de colocar as caixas (colmeias) no mato, no verão elas (abelhas) vão tudo simbora (sic)”, narra a rotina dos 23 apicultores da associação comunitária. “A nossa expectativa é que esse projeto ande logo, sabemos da boa vontade do governo e do secretário e o que queremos é que o projeto saia do papel e vá logo para prática”, cobra o presidente da entidade.

Matriarca



Analfabeta só mesmo nas letras que com dificuldade desenha o próprio nome. D. Francisca Pereira de Lima, de 79 anos, guarda a sabedoria da lida com os bichos do campo e as plantas nas rugas que o Sol lhe produziu. São 30 anos colaborando com a Ematerce e uma vida inteira dedicada à comunidade União, motivos pelos quais lhe renderam a justa homenagem como a mais antiga colaborara da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural no município.

“(A vida no campo) Hoje melhorou muito, as questões financeira e o alimento, que a gente trabalhava com fome e dificuldade. O que falta hoje para nós é água na torneira, que a gente vai ficando velha e a disposição de ir lá cacimba já não é a mesma”, brinca a matriarca que já foi atendida pelos projetos São José e Hora de Plantar. “Hoje o meu povo (os 8 filhos e 18 netos) já é tudo criado e o menino que mora comigo (bisneto) não é muito sadio. Mas, quando eu era moça, nunca que eu vi um pote seco, carregava de madrugada, toda hora. Tinha saúde, né. Mas é coisa da vida, passa”, relembra a própria história.

Assessoria de Comunicação da Secretaria do Desenvolvimento Agrário
André Gurjão - Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.
Marina Filgueiras - Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

 

Calendário

Maio 2018
D 2a 3a 4a 5a 6a S
29 30 1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31 1 2