Secretários

Secretária do Desenvolvimento Agrário

Ana Teresa Barbosa de Carvalho

Ana Teresa Barbosa de Carvalho é filha do agricultor e agropecuário jaguaruanense Luís Eudiberto de Carvalho e de Ana Maria Barbosa de Carvalho. Nasceu em Jaguaruana, em 1978. Após perder o pai aos 16 anos, ajudou a mãe a criar os dois irmãos mais novos e tocar os negócios da família.

Formou-se em Administração pela Universidade de Fortaleza (Unifor), com especialização em gestão, oportunidade na qual participou de intercâmbio no Canadá. Empresária, ela trabalhou no setor privado na Ypióca Agroindustrial Ltda e, em seguida, investiu em seu próprio negócio no setor de carcinicultura.

Chegou ao serviço público em 2012, após ser eleita prefeita de Jaguaruana, no Litoral Leste. Assumiu a administração municipal em 2013, na condição de primeira mulher a comandar a gestão local, até dezembro de 2016.

Em julho de 2017, foi nomeada pelo governador Camilo Santana a primeira presidente mulher do Instituto Agropolos do Ceará. Sua atuação foi importante na gestão da Fábrica Escola do Cariri, que passou a contar com o cultivo próprio da cana-de-açúcar utilizada na produção da cachaça e seus derivados, no fortalecimento da Escola Técnica de Floricultura (Tecflores) em São Benedito.

Como presidente do IACe, Ana Teresa organizou a estrutura administrativa do instituto, que passou a contar com o reconhecimento do Banco Mundial como instituição apta a conveniar com o referido banco. Além disso, a gestora colaborou com a finalização do Projeto São José III, Projeto Paulo Freire e ainda iniciou a implantação do Programa Mais Nutrição, idealizado pela Primeira Dama, Onelia Santana, com apoio do IACE.

Em cinco de janeiro de 2022, Ana Teresa foi nomeada primeira mulher secretária do Desenvolvimento Agrário pelo Governador do Ceará.

Secretário Executivo do Desenvolvimento Agrário

Carlos Bezerra

Francisco Carlos Bezerra e Silva foi produtor em rádio e TV formado em 1983 pela Rádio Universitária da UFC. Atuou no movimento de organização comunitária rural da década de 1980 organizando projeto em Pitombeira/Itapajé e participando de capacitações no fortalecimento das creches comunitárias em diversas regiões do Estado do Ceará.

Coordenou o Projeto Aproveitamento Pesqueiro dos Açudes do Ceará – Ibama/GTZ/Dnocs/Seap (1990-1998), desenvolvendo metodologias de gestão comunitária nos açudes públicos da Bacia do Rio Curu, educação ambiental e adequando metodologias ZOPP e CEFE para o desenvolvimento rural.

Participou da implantação das Políticas Estaduais (Ceará) e Nacional de Recursos Hídricos contribuindo para a formação dos Comitês de Bacias Hidrográficas. No âmbito nacional foi consultor da Agência Nacional de Águas ANA/Unesco para a implantação e fortalecimento dos organismos de bacias hidrográficas e suporte à Coordenação do Fórum Nacional de Bacias Hidrográficas. Como consultor independente atuou em diversas frentes na elaboração de Planos de Bacias Hidrográficas em todo o território nacional; Revisão do Plano Nacional de Recursos Hídricos; Revisão do Plano Estadual de Recursos Hídricos do Estado de São Paulo (2010), dentre outros.

Atuou por anos na organização e facilitação de eventos participativos voltados para a elaboração de planos de recursos hídricos, planos de enfrentamento à desertificação e às secas; avaliação dos perímetros irrigados do DNOCS; encontros nacionais dos comitês de bacias hidrográficas; elaboração de metodologia de avaliação da governança das águas e protocolos de governança; encontro nacional de enfrentamento à desertificação, dentre outras.

Também Foi membro da equipe do Conselho de Altos Estudos da Assembleia Legislativa do Estado do Ceará (2008-2013) onde auxiliou na elaboração do Pacto das Águas; Pacto pela Convivência com o Semiárido; Pacto pela Vida e Pacto pelo Pecém. Nesse período participou da elaboração de extensa bibliografia sobre as quatro temáticas.

A partir de 2014 integrou a equipe do Instituto de Planejamento da Prefeitura Municipal de Fortaleza – Iplanfor, participando da equipe coordenadora do Plano Estratégico Fortaleza 2040 e, após a sua elaboração, passou a coordenar a implementação do sistema de governança necessário à sua execução, desenvolvendo suas instâncias, ferramentas de acompanhamento e monitoramento, e elaborando peças de comunicação e divulgação. Na gestão pública foi Secretário de Educação em Itapajé e Apuiarés,

Foi secretário de Cultura e Turismo em Itapajé, assessor de relações institucionais e mobilização social no Iplanfor e assessor de coordenação do Programa Nacional de Apoio à Gestão Administrativa e Fiscal dos Municípios Brasileiros na Prefeitura Municipal de Fortaleza.

Secretário Executivo de Planejamento e Gestão
Interna do Desenvolvimento Agrário

Demitri Nóbrega Cruz

Demitri Nóbrega Cruz é graduado em Direito pela Universidade Federal do Ceará (UFC) e especialista em Gestão Estratégica de Políticas Públicas pela Universidade de Campinas (Unicamp). No início da carreira, compôs e coordenou a Rede Nacional de Advogados e Advogadas Populares no Ceará e ainda trabalhou no Escritório de Direitos Humanos e Assessoria Jurídica Popular Frei Tito de Alencar na Assembleia Legislativa do Estado.

Seus 14 de experiência na promoção de políticas públicas foram especialmente voltados para as áreas de Direitos Humanos e Desenvolvimento Agrário. Nesse ínterim, foi superintendente regional substituto do INCRA e secretário de Direitos Humanos pela Prefeitura de Fortaleza (SDHDS), além de coordenador especial de Políticas Públicas de Direitos Humanos e assessor especial da Casa Civil pelo Governo do Ceará.

Outras atribuições e conquistas pessoais foram: ocupar a presidência da Comissão Estadual para a Erradicação do Trabalho Escravo (2015-2018), sendo corresponsável pela elaboração e aprovação do Plano Estadual de Erradicação do Trabalho Escravo; e vice-presidência do Conselho Estadual de Direitos Humanos (2015-2017); além de, enquanto titular da SDHDS, vencer o Prêmio de Direitos Humanos, da Presidência da República (2012).

Secretário Executivo de Pesca e Desenvolvimento Agrário

Thiago Sá Ponte

Thiago Sá Ponte é advogado e há 15 anos atua na área da gestão pública. Entre 2005 e 2008, o atual Secretário Executivo de Pesca e Desenvolvimento Agrário prestou serviços no Tribunal de Contas dos Municípios do Estado do Ceará (TCM).

Em gestões municipais, atuou como Secretário Adjunto de Administração e Finanças de Pacajus (2018-2020) e assessor em Auditoria Interna em Pacajus (2017-2018); na Coordenação da Controladoria e Ouvidoria Geral de Fortaleza (2017-2018); na Procuradoria Municipal de Saboeiro (2013-2014) e na Assessoria Jurídica da Prefeitura de Itarema (2013-2016). Foi membro efetivo da Comissão de Direito Administrativo e, atualmente, é membro da Comissão Condominial da OAB/CE.

Foi advogado associado à alguns escritórios de Advocacia (2008-2012) e (2015-2019) atuando na área pública, atualmente, é sócio fundador do escritório Thiago Sá Ponte Advogados Associados.