CODAF

 

À Coordenadoria de Desenvolvimento da Agricultura Familiar compete planejar, coordenar e dar suporte aos programas e projetos da agricultura, focando os princípios de agroecologia, visando a recuperação e desenvolvimento sustentável dos seguintes setores e cadeias produtivas da agricultura familiar: Grãos, sementes e mudas, classificação vegetal, bioenergias e culturas agroindustriais, plantas aromáticas e medicinais, área irrigadas e vazantes, flores, frutas e hortaliças, silvicultura, convivência com o semiárido, manejo e conservação do solo, apoio ao planejamento da produção e apoio à socioeconomia solidária.

 

 

PROGRAMAS E PROJETOS

 

ATER

Ampliação da Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER) nos Municípios dos Territórios da Cidadania no Estado do Ceará. Promover a elevação da renda dos agricultores familiares beneficiados pelo projeto, residentes nos municípios que compõem os Territórios da Cidadania do Estado do Ceará.

 

PIMP – Programa de Irrigação na Minha propriedade

Este projeto visa atender a demanda alimentar em quantidade e qualidade, proporcionando aos agricultores a estabilidade da produção e o incremento da renda, vindo por sua vez a mitigar as desigualdades sociais ainda existentes na Zona Rural. Implantar projetos produtivos com kits de irrigação para produção de forragem, frutas hortaliças tubérculos e grãos e contribuir para a segurança alimentar e nutricional da população beneficiada através da produção de alimentos para o autoconsumo e de excedente comercializável. Gerar ocupação, renda e melhoria das condições de alimentação aos produtores envolvidos.

 

Plano ABC – Plano Estadual de uma agricultura de Baixa Emissão de Carbono no Ceará

O objetivo central do Programa Estadual da Agricultura de Baixa Emissão de Carbono – ABC / CEARÁ é contribuir para uma ambiência de sustentabilidade social e econômica no setor agropecuário, com o uso e aperfeiçoamento contínuo de práticas agronômicas de manejo que conservem os recursos naturais e reduzam as emissões e aumentem o sequestro e a fixação dos gases GEE, com isso gerando adicionalmente aumento da produção e da produtividade agrícola, elevando a renda setorial e a melhoria de vida da população de uma forma geral.

 

Mandalla

Coordenado pela Secretaria de Desenvolvimento Agrário (SDA) e executado pela Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Ceará (EMATERCE), o Projeto de Produção Integrada Mandalla Ceará tem como principal objetivo o de apoiar à agricultura familiar na atividade agrícola de produção e comercialização de alimentos, por meio do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE). Garantindo a ocupação e renda para agricultores familiares, criando condições de permanência no campo e promovendo a inclusão no processo produtivo durante todo o ano.

 

Pais – Produção Agroecológica Integrada Sustentável

Contribuir para a segurança alimentar e nutricional da população beneficiada através da produção de alimentos para o autoconsumo e de excedente comercializável.

 

NÚCLEOS

 

NUCLA – Núcleo de Classificação Vegetal, Laboratórios, Sementes e Mudas

Fortalecer a agricultura familiar, utilizando sementes e mudas de elevado potencial genético que propiciem o aumento da produtividade das culturas e melhorem o nível de renda dos(as) beneficiários(as).